IPANEMA
Rua Visconde de Pirajá 407 / 706
Rio de Janeiro – Brasil
+ 55 21 2267-8373
+55 21 2513-2385

 

BARRA DA TIJUCA
Facedental Odontologia
Novo Centro Medico Barrashopping
Av. das Americas 4666 / 407
Rio de Janeiro – Brasil
+55 21 3089-1580
+55 21 3089-1581

Search
 

PROGRAMA BEM ESTAR TV GLOBO

PROGRAMA BEM ESTAR TV GLOBO

Gustavo Bastos, comenta que os dentes sejam escovados após as refeições, no mínimo 3 X por dia, associado ao uso do fio dental. Além disso, deve-se evitar alimentos doces e muito ácidos, que prejudicam o esmalte dos dentes.

Algumas pessoas desenvolvem o hábito de escovar os dentes com muita força, com isso, o esmalte vai sendo prejudicado e a dentina, a segunda camada do dente, fica exposta e dá a sensação de sensibilidade. Isso também pode causar a retração da gengiva, expondo as raízes dos dentes.

A recomendação é que os dentes sejam escovados após as refeições, no mínimo 3 vezes por dia, além do uso do fio dental. Deve-se evitar alimentos doces que grudem nos dentes, pois eles se transformam em fontes de alimentos para as bactérias, e muito ácidos, que prejudicam o esmalte dos dentes.

Os cuidados com os dentes são fundamentais durante toda a vida e começam com uma escolha difícil de fazer. Qual a escova ideal?

O Bem Estar desta terça-feira (21) convidou o Dr. Gustavo Bastos para falar sobre o assunto e ele fala também sobre o acúmulo de tártaro, você sabia que passar o fio dental corretamente ajuda a evitar esse problema, além das cáries?

Quem usa aparelho também não pode descuidar. A placa de contenção é necessária para evitar que os dentes entortem.

clique na imagem para assistir ao programa

Saiba mais

Cárie – A culpa do aparecimento das cáries não é apenas da falta de higiene dental, é preciso levar em conta as características da formação dos dentes. Em algumas pessoas, a calcificação é mais fraca, deixando os dentes mais suscetíveis às ações das cáries. Em outras, as bactérias que causam a cárie podem ser mais agressivas e quando os pais possuem problemas com cáries, os filhos devem ter um cuidado ainda maior com os dentes.

A cárie dentária é uma doença infecto-contagiosa, crônico-degenerativa e açúcar-dependente dos tecidos dentários, que se caracteriza pela desmineralização da porção inorgânica (esmalte) e pela destruição da substância orgânica do dente (dentina).

Um estudo da Universidade de Pittsburgh identificou que até 60% dos riscos de deterioração dentária são culpa dos fatores genéticos, que influenciam a preferência por doces e a habilidade da saliva de ajudar na metabolização de cálcio, potássio e outros elementos presentes nos alimentos. Os outros 40% são determinados pelos hábitos: consumo de açúcar, tabagismo, acesso a tratamentos, cultura e até fatores socioeconômicos.